Dedicated to interior and furniture design projects.

Presos por um fio

Jardins suspensos são uma boa alternativa para quem possui pouco espaço para receber um jardim convencional. Em apartamentos pequenos podem ser montados nas varandas ou corredores, noutras situações funcionam bem como apontamento ou ponto focal. Com soluções criativas, poderá criar um espaço único e aproximar o seu ambiente da natureza.

Para pendurar plantas, deixamos algumas sugestões que poderá adquirir ou fazer você mesmo, melhorando o seu paisagismo interior.

De pernas para o ar

blogfiu_2.jpg

Trazemos-lhe um produto que irá revolucionar a sua jardinagem e acabar com restrições de espaço em pisos e bancadas. Desafiando a gravidade, o Sky Planter incentiva ambiente mais verde, em casa ou no trabalho, sem sacrificar espaço. Nem precisa de se lembrar de regar.

Da autoria da marca Boskke, recria o conceito de plantar de pernas para o ar. Através do Slo-Flo, rega é feita por efeito de capilaridade no reservatório interior. Este sistema de irrigação interna alimenta a água diretamente para as raízes da planta limitando a evaporação e o encharcamento. Um disco de bloqueio protege a planta e retém o solo, não há sujidade.

Agora é possível ter plantas em todas as divisões da casa. Perfeito para a cozinha, tenha ervas aromáticas fresquinhas à mão. Esta solução única e prática é feita de plástico 100% reciclado e está disponível em vários tamanhos através do site.

Pendure você mesmo

blogfiu_1.jpg

Fotografia por Elvin Lucero

  • Escolha uma floreira das várias disponíveis no mercado. Leve em consideração qual combinará com a sua decoração e o tamanho que melhor se adapta ao tipo de planta, não se esqueça de considerar o crescimento futuro.
  • Forre a floreira, isso ajuda a manter o solo no lugar e reduz a necessidade de regar;  O melhor forro é o musgo esfagno. Funciona especialmente bem com floreiras de arame.
  • Escolha bom solo, acrescente fertilizante natural e misture bem antes de preencher a floreira.
  • Selecione plantas fortes. As melhores são as que estão a florir ou perto. Distribua as grandes primeiro e encaixe as menores em redor, incluindo as que pendem. Existem muitas que se adequam, como Verbenas e Begónias.
  • Pendure bem. Assim que a floreira estiver cheia, ficará pesada. Garanta que os ganchos e materiais usados para pendurar são suficientemente fortes.
  • Posicione. Talvez queira disfarçar alguma coisa que não esteja tão bonita, alegrar uma área ou apenas expor as flores que ama.
  • Tenha em consideração as necessidades das plantas; poucas podem suportar a luz plena do sol ou a sombra constante.
  • Regue. Dependendo do tipo de planta e da temperatura ambiente, podem precisar diariamente. Use regador ou recipiente com bico que alcance até ao alto.

Por um fiu

blogfiu_3.jpg

Inspirado na secular kokedama, que deriva da técnica Bonsai, FIU cria nova tendência de decoração interior, ideal para que jardineiros de fim de semana possam transformar as suas plantas interiores em esculturas suspensas. Por detrás da ideias o conceito japonês wabi sabi, de apreciação da beleza natural com as suas imperfeições.

Fiu - Jardins Suspensos é uma marca portuguesa que nasce pelas mãos de Ana Miguel, e mais tarde pelas de Rui Salgado, dois arquitectos paisagistas. Procurando chegar a diferentes públicos, trabalham com vários tipos de plantas, aromáticas e condimentares, suculentas, fetos, árvores anãs e outras de interior.

Em teoria, qualquer planta poderá crescer num kokedama, porém é dada a preferência às que vulgarmente se plantam em vasos ou floreiras e com um sistema radicular mais contido. De baixa manutenção, ideal para as pessoas mais esquecidas ou aquelas que viajam muito.

As raízes envolvem-se em musgo, levando-as a necessitar de menos regas do que plantas em vasos comuns. Para quem cozinha frequentemente com ervas aromáticas há variedades perenes mais comuns e fáceis de manter como alecrim, tomilho, várias mentas e limonete. Cada planta é vendida com um folheto de manutenção, onde são indicadas as condições base para a planta prosperar.

O método de rega passa por colocá-las num recipiente fundo com água, aguardar 5 a 10 minutos para a água se infiltrar na terra e deixar escorrer antes de voltar a pendurar a planta. Mantem a humidade junto à raiz reduzindo a manutenção, ideal para quem tem pouco tempo.

Nas épocas festivas existem algumas opções que deixarão qualquer espaço interior mais rico e vivo, como por exemplo o típico manjerico de São João e o pinheirinho de Natal.

Pode adquirir uma destas plantas Pachyphytum “Dark Red” na nossa loja.